Petrobras . Prêmio Petrobras de Jornalismo

V Prêmio Petrobras de Jornalismo é apresentado a entidades de imprensa

Novidades da edição deste ano, como a categoria de Radiojornalismo, foram o tema do encontro no Rio de Janeiro

Representantes de entidades de imprensa participaram de encontro com o gerente executivo de Comunicação e Marcas da Petrobras, Bruno Motta, para a apresentação do  Prêmio Petrobras de Jornalismo, nesta quinta-feira (10/5), na sede da companhia, no Rio de Janeiro. A dinâmica de análise e seleção das melhores reportagens inscritas nesta edição foi apresentada.

A principal novidade para este ano é a categoria de Radiojornalismo, que contemplará a melhor reportagem veiculada em emissora de rádio. Outras 13 categorias, com prêmios individuais entre R$ 10 mil* e R$ 40 mil*, distribuirão um total de R$ 265 mil em premiações. “Acreditamos que estimular as grandes reportagens e o incansável trabalho de apuração desenvolvido por jornalistas em todo o país contribui para o reconhecimento dessa atividade tão importante em nossa sociedade”, ressaltou Bruno Motta.

Estiveram presentes no encontro instituições parceiras nas edições anteriores do Prêmio Petrobras de Jornalismo, como o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro, a Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos (ARFOC), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), a Associação de Cronistas Esportivos Rio de Janeiro (Acerj), a Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje) e o Comunique-se.

Inscrições

O V Prêmio Petrobras de Jornalismo elegerá os melhores trabalhos jornalísticos produzidos no país entre 11 de janeiro de 2017 e 10 de fevereiro de 2018. As inscrições podem ser feitas pelo site www.premiopetrobras.com.br até o próximo dia 31 de maio. Como nas edições anteriores, o Grande Prêmio Petrobras de Jornalismo será concedido à melhor reportagem entre todas as inscritas. Também será concedido o Prêmio Especial de Inovação para o trabalho que se destacar pela forma inovadora no exercício da prática jornalística, entre todos dos inscritos.

Os trabalhos serão avaliados em duas etapas. Na primeira, uma Comissão de Pré-seleção, composta por jornalistas com experiência comprovada, selecionará 10 reportagens de cada categoria e tema. Na segunda etapa, os trabalhos finalistas serão avaliados pela Comissão Julgadora, composta por profissionais com vasta experiência jornalística. Os finalistas de cada categoria e os vencedores serão conhecidos na cerimônia de entrega dos troféus em novembro de 2018.

Crédito das fotos: NELSON PEREZ/Luminapress

PRÊMIOS:

- GRANDE PRÊMIO PETROBRAS DE JORNALISMO: para a melhor reportagem, entre todas as inscritas – R$ 40 mil*.

- CATEGORIA ESPECIAL – INOVAÇÃO: para o trabalho que se destacar pelo ineditismo de formato, pela técnica empregada, pela abordagem, pelo meio ou pela linguagem. Todas as matérias inscritas concorrem nesta categoria – R$ 25 mil*.

- ECONOMIA: reportagens de jornal, revista e portais de notícias da internet que falem sobre a conjuntura econômica do Brasil – R$ 20 mil*.

- CIÊNCIA E TECNOLOGIA: reportagens de jornal, revista e portais de notícias da internet que falem sobre ciência, tecnologia e inovação – R$ 20 mil*.

- SUSTENTABILIDADE: reportagens de jornal, revista e portais de notícias da internet que falem sobre meio ambiente e temas sociais – R$ 20 mil*.

- CULTURA: reportagens de jornal, revista e portais de notícias da internet que abordem manifestações culturais e artísticas do país – R$ 20 mil*.

- ESPORTE: reportagens de jornal, revista e portais de notícias da internet que falem sobre atividades esportivas profissionais ou amadoras, individuais ou coletivas – R$ 20 mil*.

- TELEJORNALISMO: reportagens de emissoras de televisão sobre qualquer um dos temas acima relacionados – R$ 20 mil*.

- RADIOJORNALISMO: reportagens de emissoras de rádio sobre qualquer um dos temas relacionados acima – R$ 20 mil*.

- FOTOJORNALISMO: coberturas fotográficas sobre qualquer um dos temas acima relacionados que, sozinhas ou como parte integrante das reportagens, foram capazes de transmitir o impacto de cenas do dia a dia ou de acontecimentos marcantes, cumprindo o papel disseminador da informação – R$ 20 mil*.

- REGIONAL NORTE/ CENTRO-OESTE: matérias sobre qualquer um dos temas acima relacionados de veículos com sede em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá, Pará, Tocantins, e Distrito Federal – R$ 10 mil*.

- REGIONAL NORDESTE: matérias sobre qualquer um dos temas acima relacionados de veículos com sede na Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão – R$ 10 mil*.

- REGIONAL RJ-MG-ES: matérias sobre qualquer um dos temas acima relacionados de veículos com sede no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo – R$ 10 mil*.

- REGIONAL SP-SUL: matérias sobre qualquer um dos temas acima relacionados de veículos com sede em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – R$ 10 mil*.

*Valor bruto